Lipoaspiração não Invasiva

A lipoaspiração não invasiva ou a cavitação é uma boa alternativa à lipoaspiração para quem se quer livrar daquelas gorduras teimosas que não querem sair. A lipoaspiração não invasiva tem várias vantagens em relação à invasiva: não requer internamento hospitalar e não requer tempo de recuperação após os tratamentos.

Este método não é uma lipoaspiração mas funciona como uma, sem as contra indicações e as limitações que a lipoaspiração cirúrgica pode ter.

A lipoaspiração não invasiva é feita com um ultra som potente que converge nas células adiposas e fura as membranas dos adopócitos. Depois de furadas as membranas dos adopócitos a gordura vai para o sistema linfático. Quando a gordura vai para o sistema linfático é rapidamente eliminada e processada pelo fígado e outros órgãos num espaço de 20 a 30 dias.

O ultrassom convergente atua sobre a gordura localizada rompendo as membranas dos adopócitos, sem danificar a pele, vasos sanguíneos ou nervos periféricos.

Numa lipoaspiração cirúrgica existe a possibilidade de pequenos incidentes de danos aos vasos sanguíneos ou nervos periféricos.

Este método não requer grande preparação, os pacientes podem chegar 5 minutos antes do início do procedimentos e quando acabam a sessão podem correr, saltar ou nadar sem problemas. Não há dores, sangue ou qualquer tipo de problemas.

Pode parecer bom demais perder alguns centímetros em cada sessão, sem dores… pode parecer bom demais mas o facto é que esta tecnologia funciona.

A lipoasporação não invasiva é um método que dá bons resultados e dependendo dos seus objetivos e do que é possível pode atingir a sua forma desejada em algumas sessões. Este método para esculpir o corpo e remover gordura é mais económico do que uma intervenção cirúrgica de lipoaspiração mas é preciso ter em conta que este método não serve para perder peso e emagrecer.

Não é possível remover grandes quantidades de gordura como na lipoaspiração invasiva e a lipoaspiração não invasiva não é um método de emagrecimento.

Vantagens da lipoaspiração não invasiva

  • Resultados visíveis desde a primeira sessão, uma perda de 5 centímetros é comum.
  • Tratamento indolor e não invasivo.
  • Não requer recuperação, período pós operatório ou agulhas.
  • As sessões vão de 20 a 40 minutos.

>Resultados da lipoaspiração não invasiva

Apesar de poder perder 5cm ou mais em uma sessão isso não lhe dá o direito de deixar de ter uma alimentação saudável. É comum as pessoas fazerem um tratamento de lipoaspiração não invasiva e por perderem alguns centímetros esquecem todas as tentativas de emagrecimento ou de alimentação saudável.

A lipoaspiração não invasiva não é um método para emagrecer, é um auxílio para melhorar a estética – uma alimentação saudável e exercício moderado são sempre necessários independentemente dos tratamentos estéticos realizados.

Limitações

O tratamento de lipoaspiração não invasiva têm algumas limitações:

  • A lipoaspiração não invasiva não funciona na gordura visceral. A gordura visceral é a que se encontra naqueles abdómens que são muito dilatados mas são duros pois têm fibroses.
  • A lipoaspiração não invasiva não funciona para eliminar excesso de pele. Uma mulher que teve 2 filhos e têm excesso de pele na barriga não vai ficar com a pele mais firme.
  • Não é um tratamento para a obesidade. Não funciona numa pessoa que tenha 40 quilos a mais.
  • Não pode ser utilizado em pessoas que têm um pacemaker.
  • Não pode ser feito numa pessoa que tenha próteses metálicas ou ortopédicas.
  • Não pode ser feito em grávidas.

Depois da Lipoaspiração não invasiva

Depois do procedimento a gordura vai para o sistema linfático e é eliminada a partir dai. Obviamente que o organismo consegue eliminar a gordura que cai no sistema linfático, mas não consegue eliminar a gordura que cai mais a gordura que a pessoa estiver a ingerir nesses 20 a 30 dias.

O único cuidado que é preciso ter é de nos 30 dias seguintes não ingerir açúcares, gordura e alcool.

Faz-se uma única sessão de uma hora para se perder até 3 cm de gordura, no abdómen, costas ou joelhos. Nos três dias seguintes à ao tratamento têm de fazer um regime alimentar com muitas sopas, muitos iogurtes, muitos sumos de fruta. Deve fazer um clíster nos 30 dias a seguir com um litro de água morna, para ajudar a lavar rapidamente a gordura que cai no intestino.

Depois desses 30 dias basta seguir um regime alimentar equilibrado, que consiste naquelas regras que são universalmente reconhecidas para uma vida e alimentação saudável. É importante não esquecer que é recomendado ter uma vida com uma alimentação saudável e com exercício físico moderado.